Home / Bem-Estar / Saúde / Estudo diz que queijo é tão viciante quanto crack (isso explica muita coisa)

© iStock
Bem-Estar

Estudo diz que queijo é tão viciante quanto crack (isso explica muita coisa)

by Ana Paula Sanches Published on 29 de outubro de 2015

Só poderia ser mesmo

Bingo! Existe um motivo que esclarece a compulsão por queijo na minha, na sua, nas nossas vidas! Uma pesquisa divulgada recentemente pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, revelou que alguns alimentos são tão viciantes quanto drogas pesadas e adivinhe quem está na lista? Ele, oras bolas, o queijo.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores pediram para que aproximadamente 500 pessoas de diferentes nacionalidades respondessem um questionário da Universidade de Yale, que aponta se o indivíduo tem algum vício culinário. A partir dos resultados eles puderam formular uma lista com os alimentos mais consumidos – e o nosso queijinho está lá.

Mas, céus, por quê? Os cientistas argumentam que o queijo contém caseína, proteína que libera uma substância chamada opiáceo durante o processo digestivo. A caseína causa uma enorme confusão nos receptores nervosos do corpo e libera dopamina (hormônio responsável pelo prazer). O resultado disso é que o seu corpo sente tanta felicidade quando você ingere uma fatia de cheddar, por exemplo, que acaba se viciando.

A coautora do estudo Nicole Avena conta que a pesquisa foi o primeiro passo para identificar quais alimentos têm propriedades viciantes e, assim, ajudar pessoas que lutam para controlar seu peso. "Essa descoberta pode mudar a forma como tratamos a obesidade. Pode até não ser fácil a ponto de apenas cortarmos certos alimentos, mas sim passar a aplicar formas de tratamentos semelhantes às que usamos para outros vícios, como o tabaco".

Todas choram.


​Mais notícias sobre saúde:

by Ana Paula Sanches