Home / Bem-Estar / Saúde / Ei, sabe por que a chia faz tão bem para a saúde? Descubra agora!

© iStock
Bem-Estar

Ei, sabe por que a chia faz tão bem para a saúde? Descubra agora!

by Ana Paula Sanches Published on 21 de julho de 2015

Quem diria que uma sementinha tão pequena poderia trazer tantos benefícios, hein?

Nutritiva, versátil e, de quebra, ótima para a saúde. Essas são apenas três das qualidades da chia que já demonstram por que essa semente virou a queridinha de celebridades como Gwyneth Paltrow, Gloria Maria e Ellie Goulding. Convidamos as nutricionistas Maiara Fidalgo e Renata Queiroz, de São Paulo, para nos ajudarem a desbravar os benefícios desse item que, com certeza, vai entrar para sua lista de alimentos funcionais favoritos. Querida leitora, seja bem-vinda ao maravilhoso mundo da chia!

Descobrindo as origens da chia

Chia é o nome popular de uma planta chamada Salvia hispanica, comum na Guatemala, México e Colômbia. Foi amplamente usada pelos guerreiros astecas durante os séculos XIV e XVI devido aos seus nutrientes que proporcionam força, energia e ajudam a aliviar as dores derivadas de inflamações.

Embora já seja utilizada há muito tempo, a chia tornou-se mundialmente famosa nos dias de hoje após declarações de celebridades que afirmaram utilizá-la, especialmente Gwyneth Paltrow, conhecida por sua alimentação natural e balanceada, que publicou uma matéria em seu site (goop.com) falando sobre os benefícios da semente.

Motivos para amar a chia

O segredo do sucesso da chia está nas substâncias que a compõem: a semente é fonte de ômega 3, antioxidantes, fibras, aminoácidos, ácidos graxos poli-insaturados, proteínas, vitaminas e carboidratos de baixo índice glicêmico. Ufa, quanta coisa! Para você entender melhor...

- ... a chia tem 5 vezes mais cálcio do que o leite!
- 3 vezes mais antioxidantes do que o mirtilo;
- 3 vezes mais ferro do que o espinafre;
- 2 vezes mais fibras do que o mingau;
- 2 vezes mais proteínas do que qualquer feijão, semente e grãos de uma forma geral;
- 2 vezes mais potássio do que a banana.

E, para as celíacas: a semente de chia no seu estado natural (ou seja, pura, e não misturada com outros grãos, shakes e afins) não contém glúten e, por isso, pode ser consumida sem problemas.

Agora, vamos ver os benefícios da chia na prática:

Chia: uma semente eficaz para a sua dieta!

As sementes de chia fazem você se sentir satisfeita por mais tempo e, de quebra, ajudam a perder peso. “Suas fibras têm a capacidade de absorver muita água e, quando entram em contato com o suco gástrico, transformam-se em uma espécie de gel que aumenta a dilatação do estômago, promovendo a saciedade”, explica Renata. Ou seja: sabe aquela sensação de querer comer alguma coisa fora de hora? Diga adeus a ela!

Função detox

A semente de chia possui altas quantidades de ácido cafeico, que auxilia na desintoxificação do fígado. Além disso, atua como um regulador intestinal e promove uma limpeza do sistema digestivo de forma 100% natural. Ideal para você que não dispensa um detox para sentir que o seu corpo está nos eixos.

Rejuvenescimento da pele

Outro benefício do ácido cafeico presente na chia é que ele evita a formação dos radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento da pele. “Em sua composição nutricional, a semente de chia apresenta vitamina A, que reduz a acne e o ressecamento da pele, e vitamina B2, importante para pele, unhas e cabelos”, afirma Renata.

Uma aliada nas atividades físicas

Procurando algo perfeito para comer antes do treino? Encontrou! A chia tem 20% da sua composição formada por proteínas e potássio, por isso é uma excelente fonte de energia!

O ômega 3 das sementes também fazem delas uma ótima forma de aliviar as dores do pós-treino, já que age como um anti-inflamatório – aliás, os guerreiros astecas já usavam a chia para reduzir as dores musculares causadas pelas intensas batalhas.

A chia é excelente, mas vá com calma!

“Como a chia tem uma grande quantidade de fibras, pessoas com problemas gastrointestinais podem não aceitá-las bem”, explica Maiara. A nutricionista Renata completa: “É recomendado ingerir 2 colheres de sopa por dia pois, em excesso, as sementes podem causar aumento de peso, desconforto gástrico e constipação intestinal”.

Portanto, nada de esquecer que a alimentação balanceada é importante. Dessa forma você aproveitará o melhor que a chia pode proporcionar ao seu corpo sem nenhum efeito colateral indesejado.

Receitas com chia: aprenda a colocar essa semente na sua rotina

É difícil definir o gosto das sementes: alguns afirmam que lembra um pouco o de amêndoas, outros dizem não sentir sabor algum... De qualquer forma, graças a essa indefinição, a chia é extremamente versátil e pode ser colocada em iogurtes, smoothies, saladas de frutas e afins.

A orientação da nutricionista Maiara é consumir a chia hidratada. Para isso, coloque 1 colher de sopa de sementes em ½ xícara de chá de água filtrada ou outro líquido, como um suco, e deixe a mistura agir durante a noite. No dia seguinte você obterá uma espécie de gelatina, e é justamente ela que deve misturar nos alimentos para aproveitar os nutrientes da semente.

Outra opção é fazer um delicioso suco de frutas vermelhas com chia, que ajuda a previnir o envelhecimento. Renata é quem passa a receita:

Suco de frutas vermelhas com chia

- 100 ml de suco de uva integral orgânico
- 100g de polpa de mirtilo
- 100g de framboesa
- 5 morangos
- 1 colher de sopa de chia

Modo de preparo: misture todos os ingredientes no liquidificador e acrescente gelo a gosto.

Mais alimentos saudáveis? É pra já:

• Herói do detox! 8 incríveis benefícios do limão
• Pensando no futuro: os melhores alimentos e exercícios para prevenir a osteoporose
• 10 motivos para se apaixonar pelo mamão papaia
• 12 motivos para usar e abusar da canela na alimentação
• Zero calorias, 7 benefícios: veja como o chá preto melhora a sua saúde
• Suculento e delicioso: 7 benefícios incríveis do pêssego

E tem outros aqui também:

by Ana Paula Sanches